Padre Paraíso

Portão de entrada para o Vale do Jequitinhonha, Padre Paraíso também abre caminhos para atrações únicas em Minas Gerais: garimpos, pedras preciosas e uma rica cultura, encantam pessoas de todas as partes do mundo!
Documento sem título


Clique na foto para ampliar!

A região onde está localizada Padre Paraíso é considerada a maior província gemológica do mundo, tamanha a quantidade e a variedade de gemas extraídas de sua área. O nome vem de seu fundador, o Padre Agostinho Francisco de Mendonça Paraíso, que chegou por essas terras na segunda metade do Século XIX, empenhado em catequizar os índios botocudos que haviam no lugar.

Já as pedras preciosas fazem parte do dia-a-dia local e influenciam de maneira edificante  os costumes, a arte e o modo do povo de Padre Paraíso. O garimpeiro, atualmente figura em extinção, ajudou a formar este território, que até hoje concentra uma boa quantidade de minas para exploração. Diz a “ciência garimpeira”, que o local escolhido para fazer o túnel vem da experiência acumulada de gerações em gerações. Primeiro os aventureiros observam o “arroto” da terra, como por exemplo a presença de cristais nas rochas. Depois cavam em busca da “linha”, como é conhecida a concentração de minerais propícia à formação dos cristais, e que dão acesso, enfim, ao “caldeirão” onde estão alojadas as pedras preciosas, semipreciosas ou mesmo, quem sabe, os cobiçados diamantes, sonho de quem está nesta atividade. Os passeios organizados nos garimpos de pedras preciosas tem saída a partir de Teófilo Otoni. Para saber mais consulte o ícone “roteiros” deste site.

 

Informações turísticas do município:

Secretaria Municipal de Desenvolvimento

Econômico e Agricultura.

Tel: (33) 3534 1229.

Atrativos Turísticos